sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Pescaria II








Mais um feriado, mais uma tarde de pescaria. Dia bonito, temperatura agradável, mas tivemos de vir cedo, que agora faz-se noite mais depressa. Desta vez não pescámos nada, ou melhor, não trouxemos peixe nenhum, os poucos que foram pescados foram devolvidos ao rio.
Mas o bom humor dominou a tarde e o passeio à beira rio, por sobre pedregulhos escorregadios em busca de melhor local onde o peixe picasse, fez-nos descobrir águas cristalinas cheias de lagostins, sons maravilhosos de pássaros em liberdade e felizes, sol de fim de tarde que dourava toda a paisagem, patos que mergulhavam à nossa frente em busca de alimentos, fazendo-nos suster a respiração diante do imenso tempo que eles aguentavam debaixo de água. Lanchámos, conversámos, rimos, continuei a mantinha de Outono e no fim, ainda fomos para o lanche dos Santos, onde enfardei castanhas, tremoços, broas, vinho tinto caseiro, mousse de chocolate, entre outras coisas boas.
Adoro dias sem pressa, em que a tranquilidade dita a forma como recebemos a vida, em especial as suas partes menos boas. São dias assim que nos fazem acreditar que, independentemente das circunstâncias, é sempre possível acreditar que a felicidade e a possibilidade estão dentro de nós - sempre.


5 comentários:

  1. Momentos sem pressa, tão simples, tão bem vividos e aproveitados. Como fazem bem!!! Lindas as fotos! Ótimo fds! bjs, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Chica. Um brinde aos bons momentos! :)

      Eliminar
  2. Palavras bonitas as tuas, combinam na perfeição com as tuas imagens ;)
    Beijinho grande e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida Catarina. Nada como uma palavra de incentivo para prosseguir caminho. Beijinhos e bom fim de semana para ti também.

      Eliminar
  3. Admiro a paciência dos pescadores!!! E apesar de nao gostar de pescar acho que esse dia foi mesmo bom! Bjs

    ResponderEliminar