segunda-feira, 14 de maio de 2018

Oração


A beleza das pedras que se nos apresentam pelo caminho...

Graças dou a Deus por me conhecer e me respeitar. Por me ter feito um ser pensante e com um coração que não se quer afastar dEle. Por me amar diante das minhas diversas formas de O amar e por não me querer fazer diferente daquilo que sou. Graças Lhe dou por me ter chamado para a liberdade, a liberdade de ser e caminhar comigo, mesmo fora da redoma. Graças Lhe dou por me permitir percorrer este caminho e descobrir e conhecer o que me é dado aqui e agora. Bem sabe Ele que eu sou eu e que homem nenhum me obrigará a ser diferente disso. Bem sabe Ele que admiro o Seu Filho acima de todos os homens porque Ele foi o Homem, mas que me permite, por isso mesmo, ser a mulher que tenho de ser, aqui e agora. Aqui e agora, o único momento que existe e em que sou. Obrigada, bom Deus, pela vida, pelo caminho e pela verdade e por te encontrares no meio da diversidade. Estou encantada conTigo. Porque sei que todos os caminhos me levarão ao Caminho, todas as vidas me levarão à Vida e todas as verdades me levarão à Verdade. Graças te dou pelo Teu amor, que é infinito como tu.


segunda-feira, 7 de maio de 2018

Bom dia!





quando algo te desvia, aceita. 
é a própria vida a alinhar-te, 
a levar-te para o sítio certo, na hora certa, com as pessoas certas.




segunda-feira, 30 de abril de 2018

Após algum tempo...




Esta fotografia define este momento da minha vida.
E como se diz, o momento é uma semente viva.

segunda-feira, 19 de março de 2018

Bom dia!



Sê selectivo nas tuas batalhas. 
Às vezes é preferível ter paz do que ter razão.

segunda-feira, 12 de março de 2018

Voltou...










Voltou. Voltou aquela velha sensação que eu já tão bem conheço de querer largar tudo e viver um novo tipo de vida. De querer largar os padrões estabelecidos por esta sociedade e abraçar um estilo de vida mais natural e sustentável. Faço o que posso dentro da vida que levo mas os passos que dou parecem-me tão pequeninos que parece que não avanço nada. 
Mas sim, por vezes dá-me ganas de mandar tudo para as "cucuias" e ir comer raízes para a minha caravana. Ou largar tudo e ir viver num barco a percorrer os rios e canais da minha terra. Ou esquecer do mundo corrente, aprender a fazer fogo por fricção e ir viver numa cabana junto ao rio.
Sei lá, tudo serve se servir de evasão. Talvez isto sejam devaneios da minha mente, talvez sejam escapadelas imaginárias que, por não serem reais, sabem bem e correm em direcção a um final feliz. Mas que cansa viver na sociedade actual, cansa. Detesto viver no consumismo, no ter, no alcançar, no correr. Se assim for, que seja num propósito construtivo do ser. Mas não é o que vejo, na maioria das vezes.
Mas enfim, como sempre digo, um dia de cada vez. E até é giro estar atenta e observar os caminhos da vida e por onde eles me levam. Já que ainda não consegui ser radical e largar tudo, que aquilo que abraço agora me sirva de estrada rumo ao destino que sonho.
Mas, o mais importante de tudo, é que a chuva voltou! E essa sim, voltou com efeitos muito positivos na terra, nos rios e em mim. Renova-me voltar a ver os regatos a borbulhar de vida e a terra a palpitar de flores. Graças a Deus.


segunda-feira, 5 de março de 2018

Bom dia!



A adversidade apresenta o homem a si próprio.
Albert Einstein



terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Que venha a chuva!




A terra foi cuidada. A semente foi lançada à terra. Agora é continuar a cuidar e esperar... E esperar quando não chove, é um acto de fé ainda maior do que qualquer fé necessária sempre que se lança a semente à terra. Vamos ver... Mas sempre cremos no melhor. Ajustar e adaptar é a palavra de ordem. E esperar...