quarta-feira, 5 de abril de 2017

Bom dia!




Para que serve a coragem, essa coceira que bate no miolo da vontade? Coragem serve para aceitar um convite. Serve para fazer as pazes com quem, por algum motivo menor, nos distanciamos. Serve para entregar o bilhete aéreo e deixar para trás um amor, aos prantos, no saguão do aeroporto. Serve para queimar os dedos no azeite quente ao colocar as cebolas para dourar. Serve para trabalhar com algo que nunca se trabalhou antes. Serve para carregar uma bandeira. Serve para o diálogo. Coragem serve para banhos: de chuva, de cachoeira, de mar, de rio. Ela está lá no instante em que dizemos sim ao novo. E quando estamos abertos ao novo, ele entra sem bater. O novo, quando é de casa, chega no meio da noite, na hora do almoço, logo cedo, em pleno final de semana. O novo, se for bem recebido uma vez, volta.
| pedrinho fonseca |

8 comentários:

  1. Que lindas palavras nesse texto e coragem faz mesmo isso! E abrir-se ao novo ,às coisas boas faz bem! Lindas fotos! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  2. Temos que ter coragem sempre, efrentar o novo ...nunca desistirmos por nada!
    A maior prova de coragem é suportar as derrotas sem perder o ânimo.

    Belo dia! bjss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grandes palavras, Lena! É isso mesmo. Beijinhos.

      Eliminar
  3. Muito bonito! Que nunca nos falte a coragem!

    ResponderEliminar
  4. Bonitas palavras minha querida!
    Que a coragem inunde sempre o teu coração!
    Beijinho enorme***

    ResponderEliminar