sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

É Natal, é Natal... lálálá...






Prepara-se o Natal dentro de casa com toda a serenidade que é possível diante dos afazeres da vida e de um miúdo de 8 anos que exige atenção, brincadeira e educação.
Mas no meio da festa que se prepara, há toda uma série de actividades que não podem parar, que fazem parte dos planos e da vida e que exigem igualmente muito de nós.









É com orgulho que exibimos as nossas verduras, renovando os votos de esperança que cada rebento promete. Cuidar da terra é realmente acreditar no amanhã e fazer por acontecer um futuro melhor. E sem dúvida que esta terra é cuidada com muito amor e dedicação. A semente é lançada à terra e entregue a Deus. Este é o segredo do meu agricultor. Ele é só o intermediário entre Deus e a terra. Mas um intermediário que crê, que provê e que vê a obra nascer e crescer. Um exemplo a seguir, muitas lições a tirar e no mais simples é que vemos o mais verdadeiro sentido da vida.
Como sempre, assim se vão fazendo os dias...

8 comentários:

  1. Que ricas fotos :) e que ricas " coíbes" como diria a minha avó :D
    Bj grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coibes, alfacias e por aí fora. As avós têm um dialecto muito próprio, e isso é magnífico. Mas muitas das avós e avôs não tiveram hipótese de escolher a vida que tiveram, já no nosso caso, é muito gratificante ter a consciência do bom que é poder trabalhar a terra. Beijinhos!

      Eliminar
  2. Verduras lindas,bem cuidadas e tudo isso faz parte de um Natal legal e bem preparado! bjs,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é tudo tão bom e sabe tão bem! Beijinhos.

      Eliminar
  3. Linda as hortaliças, um prazer imenso de quem semeia ver nascer o alimento puro.
    Aqui também estou encantada com o que a terra nos ofereçe, e quem planta colhe! bjssssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E colhe sempre em mais abundância do que semeia! A natureza é fantástica. Beijinhos.

      Eliminar
  4. As decoraçoes de Natal estão lindas, mas o que me encantou foi a horta! Aos poucos está tudo a ganhar vida... Adorei! Um grande abraço, Manela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Manuela, tudo a ganhar vida, inclusivamente nós! Beijinhos e obrigada pelo apoio.

      Eliminar