sexta-feira, 8 de abril de 2016

Férias!!


Que boa é esta sensação de antecipar os dias que aí vêm de fuga à rotina do dia a dia e poder dispor do tempo conforme a vontade e a disponibilidade. 


Enfim, depois da hora do almoço posso dizer que entrei em modo férias. Yupi!! E fomos à procura de cilercas, iguaria que eu desconhecia e que, pelos vistos, é muito apreciada e extremamente cara. Ora, como por aqui o pessoal é expert em encontrá-las, lá fui eu tentar aprender como reconhecê-las e apanhá-las. Mas, tal e qual uma criança, tudo à minha volta me encantava no bosque e eu estava igualmente interessada em fotografar tudo.


Mas sem dúvida, se já tenho o olho treinado para focar o que me interessa numa máquina fotográfica, não posso dizer o mesmo no que à vida na floresta diz respeito! Por exemplo, pisaria com a maior descontracção este sapo que se encontrava meio escondido debaixo da terra a dormir a sua sesta, completamente alheia à sua existência ali.


Estranho, o bicho, mas fantástico na mesma. A nossa busca continuava e eu, já habituada a estas saídas à procura das ditas mas sem qualquer sucesso, ia bebendo toda a cor e odor que me rodeavam. Inebriada, era o meu estado.


Não sabia o que observar primeiro. Se a vegetação à nossa volta, se a paisagem lá ao fundo, ora banhada pelo sol, ora pelas sombras das nuvens.


E continuei a invejar o olho treinado de quem está habituado a estas andanças de passear de olhos postos no chão à procura de cilercas. Mas graças a ele, fiquei a conhecer as pútegas! Adorei. Planta parasita com uma cor adorável.



E eis a nossa primeira cilerca!



Exibi-a com orgulho, apesar de não ter sido eu a encontrá-la nem a apanhá-la, mas enfim, eu estava ali apenas para aprender... Trouxemos 8! Com a promessa de lá voltar num destes próximos dias das minhas férias.



Foi um óptimo começo de férias. Com este fim de dia diante de um pôr do sol meio farrusco e de ar frio. Um começo auspicioso. Nada de planos megalómanos, nada de viagens marcadas para uma ilha paradisíaca. Tudo por cá. Mas cada dia uma descoberta, cada tarefa uma realização. Férias são férias. Tudo depende do espírito. Não da carteira.


10 comentários:

  1. Que lindo pra iniciar assim tão bem umas férias!
    Adorei as fotos e que susto o sapão! Desejo férias maravilhosas que ,com certeza, saberão desfrutar! bjs, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Chica. É tão bom ter férias! Beijos.

      Eliminar
  2. Que maravilhoso começar de umas férias. No meio da natureza que tem tanto para nos dar! E acredito bem quando dizes que nem sabias o que devias observar primeiro... Com tanta beleza junta!!!!
    Beijinho enorme minha querida, tem umas boas férias!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Catarina. Prometo que vou fazer o melhor que conseguir ;) Beijinhos.

      Eliminar
  3. Boas férias!! Quem me dera saber reconhecer os cogumelos, adoro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não sabia! Aliás, tinha muito medo e nem sequer arriscava. Mas depois de vários passeios com esse objectivo, aprendi e hoje voltei a ir procurar e encontrei imensas. Enquanto é tempo delas, combinem uns dias para cá virem e nós explicamos! Vão adorar! E depois fazemos um petisco daqueles, eheh. Beijinhos e pensem nisso.

      Eliminar
    2. Vocês e as cilercas valem os km! Vamos pensar!!

      Eliminar
  4. Oba! Férias! Que legal! E começou muito bem! Cilerca... é como chamam aí? Que interessante! Aqui chamamos cogumelos e quem os identificava e colhia na chácara, era o sogro.
    A chácara do sogro fica numa região mais fria. Aqui não é úmido o suficiente, a não ser para os comuns e não comestíveis, como os que fotografei e postei hoje mesmo.
    Tenho duas postagens onde aparece os cogumelos daqui, ou seriam as cilercas? Adoro esta troca de conhecimento!
    http://seminhabicifalasse.blogspot.com.br/2011/06/mais-um-dia-em-nova-petropolis-02062011.html

    Aqui, a minha primeira ida na chácara do sogro:
    http://seminhabicifalasse.blogspot.com.br/2010/08/conhecendo-chacara-em-pinhal-alto.html

    Bom final de semana e boas férias! Que encontre mais cilercas!
    Ah, adorei o sapo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheh, o sapo é controverso. A Chica não gostou e eu sinceramente, acho feio, feio. Mas é um bicho muito útil na limpeza das hortas. Em relação às cilercas por mim, também lhe chamava cogumelos, mas talvez se chamem assim por serem comestíveis, não sei... E muito saborosas! Têm gosto e cheiro de terra, tão bom. Vou verificar se os que postaste serão da mesma espécie. Beijinhos e obrigada pelos votos de encontrar mais cilercas: podes crer, voltámos hoje a procurá-las e encontrámos imensas!

      Eliminar
  5. Que imagem linda desse céu, mto bom começar as férias assim, natureza, sapo, cogumelos....ô delícia.
    Os cogumelos do meu mato não são comestíveis, lindas e interessamtes Pútegas!
    Aproveita seus dias bjsss

    ResponderEliminar